Must Go: Roma by Suzana Gullo

Para conhecer Roma é preciso pique e tempo. Com uma quantidade prestigiada de monumentos históricos, praças, igrejas, museus e restaurantes, a cidade além de ser maravilhosa, guarda tesouros inestimáveis. Apesar da lista de pontos turísticos ser vasta, alguns passeios históricos não podem faltar no seu roteiro.

 

Dá uma olhada nessa lista!

PH: @helloemilie

Coliseu
Um dos monumentos mais famosos do mundo, é um deslumbrante símbolo do império romano e uma verdadeira viagem ao passado. Construído em 72 d.C, o anfiteatro era palco para combate entre gladiadores e batalhas com animais, que costumavam ser assistidas por um público de 73 mil pessoas.

Basílica de São Pedro

Basílica São Pedro
Erguida no Vaticano, a Basílica de São Pedro é uma das construções mais magníficas e famosas da história. Com o título de maior templo cristão do mundo, pode abrigar mais de 60 mil devotos. Ela foi fundada pelo imperador Constantino e batizada em homenagem ao apóstolo São Pedro, que inclusive está enterrado lá. Um fato curioso é que contrariamente à crença popular, São Pedro não é uma catedral, uma vez que não é a sede de um bispo. 

PH: @saachiagarwal

Fontana di Trevi
A fonte situava-se no cruzamento de três estradas (tre vie), marcando o ponto final do Acqua Vergine, um dos mais antigos aquedutos que abasteciam a cidade de Roma. Aproveite o passeio, e tente a sorte fazendo um pedido na fonte – quem sabe Roma pode realizar todos o seus desejos? A dica para evitar a multidão da praça e da fonte é visitar o local bem cedo de manhã ou tarde da noite.

O Panteão

 

Panteão
O tempo de todos os deuses,  é outro monumento notável que resistiu não só o tempo, mas também as transformações e reformas que vieram com ele. Encomendado por Marco Vipsânio Agripa durante o reinado do imperador Augusto, o local é um dos maiores feitos de Roma, combinando história e arquitetura única. Panteão, que, etimologicamente, deriva de “pan” πάν todo e théos “θεον” deus, significa, literalmente, o conjunto de deuses de determinada religião. Eventualmente, o termo “panteão” passou a significar tanto o conjunto de deuses quanto o templo específico a eles devotado. Atualmente, o “panteão” é o termo designado para um mausoléu que abriga os restos mortais de diversas pessoas notáveis.

PH: @seesarah

A localização atual de Piazza Navona é na realidade o topo de um antigo esteadio, que data do primeiro século A.C. durante este período romanos vinham para o tal estádio de Domiciano, (que pode ser visto ainda hoje) para ver jogos na cidade.

Editor’s Guest é conteúdo selecionado e autêntico por quem realmente vive o assunto. Dividindo suas opiniões, dicas e experiências, essa matéria foi escolhida por Suzana Gullo, designer e insider exclusiva da Lifestyle.

SHOWHIDE Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: Content is protected !!