Get your exclusive copy
MADE JUST FOR YOU

PRE-ORDER

CHAT WITH US!
Text Lifestyle Mag on:

What's App

CIAO VIOLA E VERA ARRIVABENE

As irmãs venezianas Viola e Vera Arrivabene são cidadãs do Mundo, descendentes da família real italiana e donas de uma marca, bem sucedida, dos sapato típico dos gondoleiros de Veneza

As irmãs e empresárias italianas Viola Arrivabene e  Vera Arrivabene não escondem a forte ligação com Veneza, onde nasceram, mas amam explorar o mundo. Elas  comandam a ViBi Venezia, marca de sapatos inspirados nos modelos usados pelos gondoleiros, como são chamados os responsáveis por guiar gôndolas, passeio clássico para quem visita a região.

Viola e Vera são as mais velhas dos cinco filhos do conde Giberto Arrivabene Valenti Gonzaga com a condessa Bianca di Savoia Aosta. Na infância, elas cresceram no Palazzo Papadopoli, uma das construções mais antigas da cidade. O espeço, hoje, é parcialmente ocupado pelo luxuoso hotel Aman, onde o ator George Clooney se casou com Amal Alamuddin.

De espírito globetrotter, as duas enaltecem o amor pela cidade onde nasceram, embora já tenham vivido a experiência de viver fora das fronteiras italianas. “Veneza é um lugar especialmente bonito para crescer. Nossos olhos estavam mimados com a beleza da cidade. Crescemos em uma bela bolha e, em determinada fase, nós tivemos que cair na realidade”, conta Vera que, assim como Viola, morou uma temporada em Londres, na Inglaterra.

LM: Vocês são uma família numerosa. A decisão de trabalharem juntas surgiu de qual forma? Já eram apegadas desde a infância? Sempre se deram bem ou já tiveram discussões? 
VA: Não há ninguém melhor do que a sua própria irmã para começar um negócio! Foi o que pensamos na época e ainda fazemos. Definitivamente não estávamos tão perto de crescer, mas depois quando a Viola fez 20 anos algo clicou e ficamos inseparáveis e começamos a fazer tudo juntas – incluindo crescer com a nossa empresa.

LM: Como é trabalhar entre irmãs? Falem um pouco da relação de vocês dentro da empresa.
VA: Trabalhar com a sua irmã tem muitos prós e contras, mas como qualquer posição de trabalho. Pensamos que é uma experiência e uma compreensão mútua em constante crescimento – felizmente nos completamos mutuamente. Viola cuida do lado criativo do negócio, comunicação e marketing, enquanto eu faço o lado da administração – vendas – e produção. Pensamos que o mais importante é trabalhar constantemente respeitando os pontos fortes uma da outra.

LM: Vocês são filhas do conde Veneziano Giberto Arrivabene Valenti Gonzaga e da princesa Bianca di Savoia Aosta. Eles incentivaram o lado empreendedor de vocês?

VA: Como qualquer pai faria.

LM: Desde o início da empresa, a vontade era investir no calçado Furlane? Quando passaram a perceber o diferencial deles?

ViBi Venezia começou porque queríamos trazer um pouco da nossa Veneza pelo mundo com os nossos VA: chinelos Furlane. Pegamos o produto, melhoramos e tornamos mais confortável sem alterar a forma e a história do mesmo.

LM: Este modelo de calçado faz parte das memórias de infância de vocês? 

VA: Absolutamente sim! Usamos desde que éramos bebês!  Lembramos de quando a nossa mãe nos levava para comprar os chinelos Furlane numa pequena loja na ponte Rialto. Lembro-me de me sentar nas escadas da ponte a olhar para todos estes sapatinhos coloridos e sempre  pensar que queria todos para mim! 

LM: De que maneira o Palazzo Papadopoli, onde passaram a infância, inspirou na criação das peças? Quais as recordações mais emblemáticas da infância? 

VA: Somos da cidade mágica, tudo em cada cantinho de Veneza é muito inspirador para as nossas coleções e para as nossas vidas. Nascer em uma casa incrível como o Palazzo Papadopoli é um lembrete constante da beleza onde crescemos.

LM: Quais são os maiores desafios que vocês encontram no dia a dia, sendo irmãs de personalidades distintas? 

VA: É um trabalho contínuo, gerenciar nossas vidas privadas e a dinâmica entre irmãs e ser capaz de traduzir isso para o lado empresarial sem que isso afete um ou outro. É um desafio recompensador!

LM: Vocês fundaram a Vibi Venezia em 2014 e hoje têm uma empresa próspera. Como a cumplicidade de vocês ajudou o negócio a prosperar?

VA: A ViBi Venezia sempre teve um crescimento  orgânico e ainda hoje tem – a empresa cresceu conosco – e graças ao apoio de todos os nossos queridos amigos que acreditaram em nós e apoiaram a ViBi desde o início da viagem!  

LM: Vocês foram criadas em Veneza e tiveram passagem por Londres. Foi na mesma época? Quais as lembranças que guardam desses momentos? 

VA: Veneza é um lugar especialmente belo para crescer, os nossos olhos estavam tão mimados com a beleza da cidade. Crescemos numa bela bolha e num certo ponto tivemos que cair na realidade – ambas nós estudamos e trabalhamos em Londres durante alguns anos.

LM: Conseguem ter uma rotina neste trabalho? Ou a agenda oscila muito? 

VA: Claro que podemos ter! É tudo sobre como se organiza – Vera é definitivamente melhor para fazer a rotina funcionar!

LM: Gostam de reservar períodos diários para o lazer, cuidar da autoestima e vida pessoal? Vocês aproveitam as horas vagas juntas?

VA: Claro que os períodos de lazer e cuidar de nós mesmas é algo que amamos e precisamos. Nos exercitamos pelo menos 3 vezes por semana, isso realmente ajuda com a concentração e felicidade. O melhor tempo que temos juntas é quando não estamos trabalhando.

LM: Vocês se consideram mulheres vaidosas? Gostam de cuidar da pele e do corpo? Como? 

VA: Sim, mas não de uma forma obsessiva. Estou mais obcecada com o meu cabelo. Adoraria tentar manter o meu cabelo loiro, mas tenho medo que o estrague.

Tento usar os melhores produtos para a minha pele, adoro o creme facial da Irene Forte, os óleos, a maquiagens e as máscaras faciais de Sisley. 

LM: O que é moda pra vocês? O que não pode faltar no closet de vocês? E no necessaire? 

VA: A moda é algo que fazemos sem pensar, está em nós, e para nós é um jogo super divertido. Para nós não pode faltar um par de ViBi Gym e uma t-shirt branca.

LM: Quais obstáculos vocês tiveram que superar para ViBi Venezia ser o que é atualmente? O que  as motiva a continuar e seguir em frente? 

VA: Já passaram 8 anos desde o início da ViBi Venezia, faz 5 anos que começamos a nos dedicar em tempo integral. Encontramos muitos obstáculos, mas a ideia de ter criado algo que funcione é algo que nos realiza e completa, é a maior satisfação.

LM: Vera, você casou em outubro do ano passado. De alguma forma, o matrimônio alterou a relação com a Viola? Vocês conseguem conciliar a vida familiar e a vida profissional? Como aproveitam? 

Me casei faz um ano. O meu maior receio era separar-me da minha família, ou que qualquer coisa mudasse porque me casei. A minha mãe disse: “Não estou perdendo uma filha, estamos acrescentando um filho à família”, ela me fez sentir abençoada e aliviada.

LM: Vocês têm sucesso no segmento. Quais suas metas profissionais? Pensam em expandir mais a ViBi Venezia?

VA: Estamos constantemente pensando no que vem a seguir. Gostaríamos de abrir uma loja emblemática em Veneza e, seguidamente, trazer um pouco do nosso patrimônio veneziano para todo o mundo!