Get your exclusive copy
MADE JUST FOR YOU

BUY ON DEMAND

CHAT WITH US!
Text Lifestyle Mag on:

What's App

5 Curiosidades Sobre Vinho Para Se Considerar Um Wine Lover

Você já deve saber que o mundo dos vinhos é cheio de curiosidades e singularidades mas sabia que quanto mais se sabe sobre ele, mais gostoso fica apreciar uma taça dele? Para te ajudar a conhecer um pouco mais sobre, separamos 6 curiosidades que você precisa saber para se considerar um bom wine lover.

01.

Vinho Bom é Vinho Antigo?

Aquela velha história de quem vinho bom é vinho antigo é, na verdade, uma lenda. Os vinhos mudam de gosto sim ao longo dos anos, mas a tendência é que grande parte deles acabam ficando ruins. Essa evolução de sabores depende muito da mistura de ácidos, açúcares, fenóis e taninos. Mas é importante lembrar que aquele vinho que conhecemos do mercado raramente vai envelhecer bem.

02.

Vinhos Possuem Antioxidante

É verdade! O vinho pode ser sim uma boa fonte de antioxidantes, substâncias capazes de proteger as células contra os efeitos dos radicais livres produzidos pelo organismo. Uma garrafa de vinho tem o equivalente a mesma quantidade de antioxidantes que mais ou menos 20 copos de suco de maçã e até mesmo, 7 de laranja. Curioso, não?

03.

A Expressão “saúde” Surgiu na Grécia Antiga

Aquela boa e velha expressão que é sempre dita antes de tomar o primeiro gole de qualquer bebida tem uma origem um tanto quanto curiosa. De volta na Grécia antiga, sempre que um anfitrião recebia visitas, o mesmo tomava um gole dos vinhos para garantir aos hóspedes que o vinho não estava envenenado.

04.

A Verdadeira Finalidade da Harmonização

A harmonização de vinhos com comida acontece pois ambos produzem uma sinergia quando entram em contato juntos, transformando os dois sabores em um terceiro especial. E tem mais, muitas pessoas utilizam o vinho com comida também para limpar as papilas gustativas da boca, ou seja, isso faz com que cada nova garfada seja como a primeira.

05.

Vinhos Também são Aliados no Combate ao Alzheimer

Devido à sua ação antioxidante, como mencionamos acima, e anti-inflamatórias das substâncias do vinho, estudos apontam que a bebida pode diminuir a progressão de doenças neurológicas, como demência e Alzheimer.

Qual das curiosidades acima mais te impressionou? Deixe seu comentário aqui.