Get your exclusive copy
MADE JUST FOR YOU

BUY ON DEMAND

CHAT WITH US!
Text Lifestyle Mag on:

What's App

Luisa Accorsi

Luisa Accorsi é uma paranaense que coloca doses imensas de amor em todo o conteúdo que produz. De moda a beleza, de viagens a lifestyle e até mesmo com um pézinho na literatura, por meio do seu clube do livro, ela é um ícone e uma inspiração para diversas das pessoas que a acompanham. Agora, ela está prestes a um grande novo papel em sua vida, o de ser mãe.

Crédito: @yellowstudio

LM: Luisa, sua história começou em 2012, hoje você tem 708 mil inscritos no YT, além de quase 900 mil seguidores no IG, e crescendo. Dando dicas de moda, beleza, viagens, lifestyle e muito mais, tendo conquistado mais de 82 milhões de visualizações, o que move sua vontade de compartilhar sua vida? Trazer o universo de viagens para as pessoas? Mostrar formas de viver? Conta um pouco pra gente.
L: Eu sempre falo que minha grande paixão, não é nem moda como muita gente fala, nem viagens: eu gosto de me comunicar, me considero uma comunicadora, e desde pequena eu tinha essa necessidade de me comunicar.

Por meio do meu trabalho, hoje, eu consigo fazer isso e atingir um público enorme. O que me move, cada vez mais, depois de tantos anos de profissão, é realmente a possibilidade de trazer alguma coisa de bom para a vida dessas pessoas.

O meu conteúdo tem muito a ver com as fases que eu estou vivendo. Então, teve uma fase que eu foquei mais em moda, outro que eu foquei mais em viagens, então enchi todo mundo de dicas sobre isso. Agora estou numa vibe mais em casa, recém casada, grávida, me preparando para a chegada de um bebê, e meu conteúdo tem muito a ver com essas fases.

Eu sinto que meus seguidores crescem e amadurecem, vivem muitas fases ao mesmo tempo que eu vivo. Eu sou uma pessoa que gosta muito de estudar, de ler, e eu sempre procuro trazer isso para quem me segue. Por isso, sempre trago informações pro meu público, depois de muita pesquisa, com muito embasamento, mas tudo isso de uma forma bacana, de uma forma leve.

Crédito: @yellowstudio

LM: Vimos no seu canal diversos looks tendência e algumas de suas últimas comprinhas. Tem alguma peça que você está mais apaixonada ultimamente? Conta pra gente um pouco mais sobre seu armário.
L: Eu confesso que estou numa fase menos consumista, sabe? Um pouco mais prática. A gente vira mãe e coloca praticidade em primeiro lugar muitas vezes. Continuo amando me vestir bem, sempre trago informações de moda nos meus looks, pras peças mais fashionistas. Mas, ainda assim, tenho equilibrado mais a praticidade na minha rotina.

A última bolsa que eu comprei, que até fiz uma resenha no YouTube, foi uma Never Fool da Louis Vitton, que é uma bolsa mais básica, não é tão fashionista, que se falassem para a Luisa de um, dois anos atrás, eu não teria o desejo de comprar. Mas, é uma bolsa que se encaixa muito nas minhas necessidades hoje em dia. Então eu acho que a moda tem muito a ver com isso, não só o que está mais em alta, mas peças clássicas que fazem sentido, que encaixam no meu dia a dia.

E é um pouco disso que eu tento passar para os meus seguidores também. Que é a ideia de você conseguir encaixar o desejo do que você quer, e que faça sentido no que você precisa e com a sua realidade.

LM: Ok, talvez você nos ache um pouco stalkers, mas precisamos perguntar isso: vimos que você estava lendo Sally Rooney, o livro Belo Mundo, onde você está. Que outros livros você recomendaria para as pessoas que nos acompanham?
L: Eu amo ler, é uma das minhas grandes paixões, e tenho um clube do livro em meu Instagram. É um insta só dedicado para a leitura, e todo mês eu indico algum livro, e o livro que eu indico esse mês é muito bom, que é o Longo e Claro Rio. Ele tem um mistério, mas o principal mesmo é que ele vai falar da relação entre duas irmãs, muito diferentes, vai falar de família, laços familiares e explora muito como as drogas afetam uma família. É um livro realmente muito muito bom.

Outro livro que eu sempre indico é Elegância Dolorida, tem um quê de existencialismo, filosófico, é a Elegância do Ouriço, que é um dos meus livros preferidos, muito gostoso e interessante de se ler.


LM: Como Vlogger de Beleza, o que em sua rotina não pode faltar para que se sinta pronta para sair de casa?
L: Eu sou uma pessoa muito básica, eu não tenho problema de sair de casa sem maquiagem e estou cada vez mais sem usar produtinhos. Mas, eu gosto muito de skincare, procuro sempre cuidar da minha pele, eu acho que isso é o principal. E de maquiagem mesmo eu gosto muito de um batomzinho, lipgloss e lipbalm, e um blush, que dá uma carinha de saúde. Acho que com essas coisas eu já estou pronta para sair.

Crédito: @managollo
Crédito: @managollo
Crédito: @yellowstudio

LM: De seus destinos, qual deles lhe fez sentir mais parte da população local? Em qual cidade você se sentiu uma moradora, mesmo sem ser? E, se puder compartilhar com a gente, quais práticas acha que despertam essa imersividade? Visitar restaurantes pequenos; participar de eventos locais; se hospedar num Airbnb?
L: O lugar que eu me sinto mais em casa é a Itália, e é um lugar que vou bastante com minha família, minha lua de mel foi lá, eu tenho cidadania italiana, então é um lugar que eu me sinto super em casa. Mas, sempre que eu viajo, eu procuro fazer experiências locais, sabe?

Gosto muito da Ásia, já visitei vários países, e uma coisa que eu super recomendo é fazer um food tour, que é algo que a gente sempre faz quando vamos para um país diferente. Lá, procuramos comer comidas típicas, comidas de rua, e na Ásia eles fazem demais. Assim, a gente garante que sai um pouco dos destinos mais turísticos e tem mais experiências com pessoas, vê como as pessoas realmente se comportam no dia a dia, o que elas fazem.

Eu tenho essa ligação imensa com a culinária, acho que transparece muito a cultura de um país e super indico os food tours por isso, porque me abrem muitas portas e me possibilitam encontrar a realidade do país.


LM: Seu casamento aconteceu há pouco tempo, e inclusive, te oferecemos nossos parabéns. Depois do evento, o que mudou para você? Como você se sente hoje?
L: A nossa festa de casamento acabou tendo que ser adiada um pouco por conta da pandemia, então nós já estávamos casados há um tempo no civil, já estávamos com a vida de casado haha. Eu descobri que estava grávida 5 dias antes da festa de casamento, então foi um turbilhão de sentimentos, mas eu acho que não é à toa que existem os rituais e as festas de casamento.

Muita gente não vê sentido, mas pra mim e para o meu marido fez sim muita diferença, foi um ritual. Depois daquela festa, nos sentimos ainda mais unidos, ainda mais como família. Celebrar e festejar ao lado das pessoas mais queridas foi algo muito especial, uma tarde que vamos lembrar pro resto de nossas vidas como uma das mais felizes.

“Recomendo para todo mundo que tem esse desejo, esse sonho, vale a pena. É um dia especial para celebrar o amor. No dia a dia não mudou muita coisa depois, mas como casal, ficou tudo ainda mais real pra gente.”

Crédito: @antonionetofotografias