Get your exclusive copy
MADE JUST FOR YOU

PRE-ORDER

CHAT WITH US!
Text Lifestyle Mag on:

What's App

De São Paulo para o Mundo com Rafael Azzi

É bem provável que você já tenha ouvido o nome Rafael Azzi em uma roda de conversa com amigos ou até mesmo em uma reunião de trabalho. E não é para menos, a popularidade do paulistano de 39 anos é decorrente do seu incrível trabalho e anos de carreira em que atuou em empresas de renome.

Um verdadeiro viajante do mundo, Azzi abriu sua própria agência em 2016. Atualmente, a AZZI+CO possui escritórios em São Paulo e Nova York, e é responsável por diversas campanhas que vemos nos nossos feeds. Conversamos com o globetrotter para entender mais detalhes de sua bem sucedida jornada. Confira.

LIFESTYLE MAG: Como nasceu a AZZI+CO? 

Rafael Azzi: eu era o Diretor de Marketing Internacional na Tory Burch, trabalhava com mais de 27 países, foi uma experiência maravilhosa por quase 3 anos, adorava, até que veio um presidente novo na empresa e mandou 30% do time embora – e eu estava nessa leva. Já tinham marcas me pedindo consultoria mas eu não tinha tempo, a partir do momento que resolvi dar uma chance para o negócio, ele foi com tudo!


LM: Qual foi sua trajetória até concretizar a AZZI+CO?

RA: Eu comecei pequeno. “Uma grande pequena agencia”, uma mesa! A trajetória começou lá atrás no começo dos 2000. O meu maior asset são os meus relacionamentos e isso a gente vai construindo com a vida – a reputação não é da noite pro dia, leva anos para construir e isso é o que eu tenho de mais valioso. Então a trajetória continua sendo justamente essa, construir e cultivar relacionamentos duradouros onde possamos trocar benefícios mútuos e nos ajudar.


LM: Qual é o principal diferencial da AZZI+CO hoje em dia?

RA: Nós não somos uma agência de PR tradicional. Primeiro porque nascemos em 2016 – no meio da fortificação da Social Media, segundo, e mais importante, porque a nossa área de business development é muito forte. Ou seja, fazemos o relacionamento que importa para o cliente – não apenas com influencers e imprensa, que são peças fundamentais para o sucesso de uma marca – muitas vezes estamos diretamente envolvidos nos business dos clientes.


LM: Qual a melhor parte é a parte mais desafiadora do seu trabalho?

RA: É conseguir estar presente nas diferentes situações que um dia pode trazer. Com times em NY, Miami, São Paulo e México precisamos ser rápidos e agir com inteligência e estratégia nas mais diversas situações. As vezes começo o dia com um call com o escritório de São Paulo falando sobre a inauguração de um hotel, aí logo estou falando com alguém de Miami sobre a swim week em julho – que é um evento muito importante de beachwear onde vários clientes participam enquanto alguém da equipe está fechando um cliente novo em Paris, e tem uma editora nos esperando no escritório de NY e o pessoal de Los Angeles está acordando… ufa! Essa é a parte que eu mais gosto. A correria!


LM: Como surgiu o interesse em trabalhar com marcas de luxo?

RA: Eu sempre trabalhei nesse mercado. Desde o começo da minha carreira, em 2004, quando eu era assistente de uma agência de novos negócios para o mercado de luxo em São Paulo – peguei gosto e as coisas foram evoluindo naturalmente, com muito trabalho sempre!


LM: Qual sua opinião sobre o mercado de luxo daqui uns anos? Como você vê esse mercado?

RA: O mercado de luxo vem mudando muito, como tudo. O luxo tradicional como conhecemos está aumentando a cada ano, eu fico assustado com os números. É um mercado incrivelmente potente que não vai parar de crescer, é o desejo e é isso que estamos atrás.  As marcas cada vez investindo mais em collabs, experiências – não sei qual o ‘’fim ‘’ disso, talvez daqui alguns anos vamos voltar ao ‘’basic’’? Mas aí tem as NFTS com marcas de luxo, será que podemos considerar isso luxo? Não sei!


LM: Paralelo ao trabalho da AZZI+CO, você também escreve bastante, qual sua principal motivação na hora de escrever?

RA: Eu adoraria poder ter mais tempo para escrever mais. Adoro escrever sobre as coisas que eu vejo. Sou muito observador e por isso me dá muito prazer em escrever e registrar tudo que eu vejo por aí. É muito estímulo a toda hora e Instagram só não basta!

LM: Existe algum livro que teve grande impacto na sua vida? Qual?

RA: Minha mãe é formada em biblioteconomia pela USP, uma faculdade que infelizmente não existe mais. Eu cresci rodeado de livros e queria ter mais o hábito de ler, mas já já volta. Um livro que a minha mãe me deu em 1992 que eu sempre releio é o Pequeno Príncipe, que é pra gente nunca esquecer da criança que existe dentro da gente.

 

LM: Quando você não está trabalhando, qual é seu principal hobby?

RA: Difícil não estar trabalhando, rs. Adoro comer fora e sair batendo perna por aí, em qualquer lugar do mundo. Me dá o maior ânimo ver a contagem de passos no iPhone. Quando passa de 14 mil passos quer dizer que o dia foi do jeito que eu gosto!

 

LM: Quando em NY, qual é seu restaurante favorito?

RA: Sant Ambroeus.

 

LM: O que você faz para se divertir em São Paulo?

RA: Me reúno com meus amigos de infância e a gente não faz nada.

 

LM: O que te chama atenção na hora de escolher um restaurante?

RA: Serviço e ambiente. A comida está em terceiro lugar.

 

LM: Por último, uma viagem inesquecível e por que?

RA: Serviço e ambiente. A comida está em terceiro lugar.

 

Quer continuar acompanhando Rafael Azzi mais de perto? Clique aqui e deixe seu follow no Instagram.