Get your exclusive copy
MADE JUST FOR YOU

BUY ON DEMAND

CHAT WITH US!
Text Lifestyle Mag on:

What's App

Schutz Full Look

Se eu te perguntar “Qual a marca nacional mais influente no quesito sapatos e bolsas?”, grandes chances de você responder Schutz, certo? E o motivo disso é claro: ela é um grande emblema nacional.

Por Wallace Rezende
Fotos: Nicole Heiniger

Com um DNA inovador que se manifestou desde o seu lançamento em 1995, a Schutz é uma obra prima de Alexandre Birman, que fundou a marca com apenas 19 anos. A ideia da marca sempre foi conseguir traduzir tendências internacionais para mulheres brasileiras, mas hoje ela vai muito além, ditando a própria forma de criar moda tipicamente nacional.

Schutz é sobre liberdade de expressão, design de qualidade, nacionalidade e internacionalidade, é sobre ser cosmopolita à moda nacional, se inspirar e não se deixar colonizar, mas sim aprender e estudar conceitos que podem agregar ao nosso dia a dia.

A marca da brasileira contemporânea

Poucos anos depois de seu lançamento, em 2001, a Schutz já tinha deixado sua marca no mundo. O que atestaria isso seria a encomenda de 30 mil pares por parte da marca canadense Aldo. A partir daí, um padrão se criou: 60% das vendas da marca estariam voltadas para a exportação.

Seriam não somente bolsas Schutz, mas sapatos, botas e acessórios ideais para mulheres modernas no Brasil e fora dele. Em 2012 a marca abriu sua primeira flagship em New York, na Madison Avenue e desde então vimos apenas uma ascensão gritante da relevância do trabalho da Schutz.

Em 2016, foi a Schutz que calçou a Princesa Kate num evento oficial do Museu de História Natural de New York, e noutro momento, Lady Gaga foi a pessoa a caminhar com botas Schutz.

Esses e outros acontecimentos construíram a Schutz, transformando-a não mais em uma marca, mas num ícone. E é continuando a trilhar esse caminho que desde Abril de 2022, a Schutz agora é uma marca Full Look.

Schutz Full Look

Sendo a primeira marca brasileira a se tornar Full Look, a marca pode acompanhar as mulheres compondo os visuais dos pés à cabeça. A transição de uma marca focada em bolsas e calçados para Full Look exigiu alguns investimentos muito específicos e frutíferos, a começar com a contratação de Cacá Garcia para ser a Diretor Criativa da linha de vestuário.

A linha das peças Schutz tocam numa estética muito atual: a do guarda roupa atemporal, que pode ser usado a qualquer momento e em qualquer lugar, que conversa com ideais de slow fashion, de peças com maior qualidade, durabilidade e respeito à limitação dos recursos em nosso mundo.

As peças-chave traduzem o olhar cosmopolita já conhecido da Schutz, mas também bebe de fontes clássicas da jeanswear, da alfaiataria e da camisaria. De acordo com Cacá Garcia,

“É uma roupa que vai acompanhar a mulher 24 horas por dia, são peças-chave, que estarão no seu armário para sempre, e que vão muito de encontro ao que acredito para o futuro da moda: design com preço justo, roupa com propósito e diálogo com todas as mulheres”.

A propositura de uma nova Schutz

Junto com esse novo momento da marca, vem um e-commerce completamente reformulado, capaz agora de abarcar melhor as necessidades das clientes, assim como a inauguração de duas lojas dedicadas ao Full Look bem nos maiores centros culturais do Brasil: São Paulo e Rio de Janeiro.

Nicole Heiniger foi a responsável pelas fotos incríveis que mostram mais detalhes das peças Schutz. Através do olhar da fotógrafa, podemos perceber os traços imperadores do estilo Schutz Full Look.

Em algumas das peças, com suas cores Pop e contentes, conseguimos um pouco do gostinho da Moda Dopamina, muito em alta nos últimos tempos, ela que é uma tentativa de colorir o mundo pós pandemia.

Noutras peças essa estética se dilui mais, dando lugar a estampas mais setentistas, que brincam com estampas mais geométricas e levemente contrastantes. Tudo isso, recortado e amarrado numa aparência bem moderna, que toca tanto na alfaiataria quanto nos contornos mais joviais da atualidade.

É difícil dizer com exatidão de onde vêm as inspirações da Schutz Full Look, principalmente porque ela parece estar situada num local além do tempo. Nicole Heiniger capta muito bem esse traço. Em alguns momentos conseguimos captar um certo ideário dos anos 2000, noutros uma vanguarda com toques retrofuturistas.

No fim, a Schutz deu um verdadeiro show e conquistou seu espaço tanto em nossos armários quanto em nossas mentes. Estamos diante de uma nova realidade da moda nacional. Uma porta se abriu e estamos agora atravessando ela, seguindo os passos que a Schutz trilhara.